Natura Amor América


História Natura de Amor América

amor-americaHá quatro anos um jornalista, um fotógrafo, uma especialista em perfumaria e outra em criação de  marcas partiram em uma missão especial: percorrer a América Latina em busca de inspirações para uma nova linha de produtos da Natura. Nos Andes, eles encontraram o Palo Santo, uma madeira perfumada, tradicionalmente usa como incenso em certas regiões da Cordilheira, principalmente no Peru, na Bolívia e no Equador. E da Patagônia trouxeram a Paramela, um arbusto aromático encontrado nos campos desérticos e frios, no Sul da Argentina e do Chile. Sua fragrância evoca o vento livre que sopra nas vastidões do extremo sul.

Manifesto

O olhar do coração nos revela um mundo Que não obedece às leis dos homens, mas a lei da vida. O olhar do coração nos mostra a terra e suas florestas não têm bandeira, que os rios Atravessam os países sem perceber fronteiras E que  o ar é livre porque é de todos. De repente, um novo mundo surge diante De nossos olhos. Não vemos mais países, Mas regiões, não vemos mais territórios, mas Culturas, não vemos mais conflitos de Fronteiras, mas gente diferente com as mesmas buscas de harmonia e felicidade. Com esse novo olhar, começamos a ver O mundo ao nosso redor e a explorar tudo O que nos une: a terra, as florestas, os rios, As montanhas, o sol e o ar. Esse novo olhar nos revelou a América Latina, Terra que nos abriga. Foi viajando por Ela que experimentamos a beleza, o prazer E a riqueza de se colocar a caminho Levados pelo olhar do coração.

Encontramos na riqueza de sua Diversidade um convite à troca e ao Enriquecimento mútuo.  Sinta Amor América.

A bela e ameaçada América Latina

Desertos, florestas tropicais, montanhas com gelo, vulcões. Cores, sabores, sons, tradições locais. Assim é a América Latina, repleta de paisagens e hábitos diferentes, mas que revelam pontos de semelhança entre os povos quando analisamos sua história, cultura e a riqueza de sua imensa biodiversidade.

A América Latina possui importantes biomas que transpassam fronteiras e guardam um patrimônio natural importante para a humanidade. Segundo dados de 2000, da ONG Conservação Internacional, esta região unida pela origem da língua abriga 7 dos países com maior diversidade de vertebrados no mundo; 12 dos países com maior diversidade de aves e anfíbios; 5 dos 12 países no mundo com maior variedade vegetal; 7 com mais de 70% de seu território ainda coberto por vegetação natural.

A bacia do rio Amazonas é a maior do planeta. As bacias dos rios Paraná e Prata (localizadas entre a Bolívia, Paraguai, Brasil e Argentina) e a do rio Orenoco, entre a Venezuela e a Colômbia, estão entre as mais importantes em todo o mundo. Partes do território do Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina dispõem da maior reserva de águas subterrâneas em todo o Globo, o Aqüífero Guarani.

História que nos une

Um traço semelhante na maioria das nações que compõem a América Latina é o histórico da colonização européia e a formação de uma cultura exploratória dos recursos naturais. Algo que resultou na subjugação dos povos tradicionais dessas regiões, como os indígenas, que guardavam um vasto conhecimento e uma profunda ligação com a natureza.

Em grande parte do século 20, a maioria dos países latino-americanos viveu sob ditaduras que restringiram as liberdades individuais. Por isso, a questão ambiental só começou a ganhar importância a partir de meados da década de 1980. Mas já era tarde e a região vivia sob condições irreversíveis de degradação ambiental, como a concentração populacional nas grandes metrópoles, a atividade industrial sem mecanismos de controle de impactos no meio ambiente, a monocultura voltada à exportação criando o esgotamento da terra, a poluição do ar e dos rios pela falta de saneamento básico, entre outras.

Para se ter uma idéia, a Conservação Internacional elabora e trabalha com um conceito de conservação chamado Hotspots, para definir as regiões mais ricas e ameaçadas do mundo. Em todo o planeta foram definidas 25 regiões hotspots, sendo que 6 delas estão localizadas na América Latina.

Uma perda irreparável

A destruição da biodiversidade – ou seja, a perda das espécies existentes na Terra – causa o colapso dos ecossistemas e de seus processos ecológicos. Nem a mais alta tecnologia, nem as descobertas biotecnológicas, nem as imagens computadorizadas podem compensar o prejuízo da extinção das espécies, muitas das quais ainda nem conhecíamos e que poderiam representar a cura de doenças que acometem a humanidade.

Isabella Freire, especialista em Política Ambiental da Conservação Internacional, acredita que ainda dá tempo de valorizar a cultura e a biodiversidade como um dos caminhos para implantar o desenvolvimento sustentável na região. “É preciso oferecer às comunidades uma alternativa econômica que lhes permitam melhorar de vida, mantendo suas tradições e preservando a natureza”, afirma.

Segundo ela, a questão ambiental precisa ser tratada pelo conjunto de nações, independentemente das fronteiras. A construção de uma ponte, rodovia ou hidrelétrica, por exemplo, pode ter conseqüências ambientais diretas e indiretas em outro país da região. “Impactos ambientais não respeitam a divisão política. Reconhecer isso na criação de políticas de desenvolvimento e meio ambiente é, sem dúvida, um enorme avanço”, conclui Isabella.

Conheça mais sobre duas regiões da América Latina:

Patagônia

“Quando me lembro dos lugares onde estive, a vastidão da Patagônia sempre ocupa um lugar de destaque. E, no entanto, a região se caracteriza por qualidades negativas: sem habitações, sem água, sem árvores. Por que aquelas vastidões áridas teriam então dominado dessa maneira meu espírito? Pela perspectiva livre que elas oferecem à imaginação. Pois as extensões patagônicas parecem não ter limites”. Charles Darwin

patagoniaA Patagônia foi a última porção de terra do planeta a ser ocupada pelo homem. Selvagem, inóspita, misteriosa, ela ainda guarda regiões praticamente inexploradas. Seu nome foi dado pelo navegador português Fernão de Magalhães, em 1520. Aproximando-se da terra e avistando índios de altura excepcional, o navegador comparou-os ao gigante Patagon, um personagem da literatura medieval européia.

Ocupada por povos indígenas durante milhares de anos, a Patagônia atraiu o interesse dos colonizadores espanhóis no século XVI. Mais tarde, a região tornou-se destino de ingleses criadores de ovelhas. Hoje, é uma terra em que se convivem descendentes de imigrantes de todas as partes do mundo, como alemães, galeses, italianos e croatas entre outros.

A essência da Patagônia

paramelaNos Campos mais ao sul da Patagônia, cresce um arbusto de diminutas flores amarelas e folhas intensamente aromáticas. Seu nome é Paramela, usado popularmente como um chá terapêutico. Seu óleo essencial é fresco, verde,  levemente frutado e floral, com notas confortáveis que lembram o mel. Sua fragrância leve e refrescante evoca o vento que sopra no extremo sul do continente

Andes

“Nos Andes, o ser humano tem vocação de condor”, diz p escritor peruano Mario Vargas Llosa. Ele parece “escalar os degraus do ar, voar sobre as nuvens, para contemplar a terra lá embaixo, a seus pés”.

andes“A natureza andina nunca foi completamente dominada, humanizada pelo comércio com o homem como ocorre com outras geografias”, diz Vargas Llosa. Ela conserva algo de indômito e incontrolável, que nos deslumbra, amedronta e enche de reverências.

O mundo andino é um rico amálgama de tradições européias e indígenas. Muitas das igrejas coloniais erigidas pelos espanhóis assentam-se sobre estruturas de antigos templos incas. Nos santuários das montanhas, acendem-se velas a todos os santos, mas também nunca se esquece de reverenciar Pachamama, a mãe Terra, divindade dos povos indígenas, com oferendas perfumadas e coloridas.

A essência dos Andes

palo-santoEm certas ruas das grandes cidades andinas – como La Paz, Cuzco ou Quito – é possível identificar o mesmo e intrigante aroma. É o perfume de uma madeira aromática, que se encontra à venda nos mercados locais. Seu nome é Palo Santo. Palo Santo é um madeira perfumada, popularmente usada como incenso em algumas regiões da Cordilheira dos Andes. Seu óleo essencial é floral fresco e especiado, com notas resinosas, ambaradas e amadeiradas. Sua fragrância expressa a reverência que os povos andinos têm às montanhas e à Terra.

Conheça os produtos Amor América

Palo Santo

palo_santo_produtos021Desodorante Colônia Essência Palo Santo, 100ml: fragrância amadeirada que expressa a reverência que os povos andinos têm às montanhas e à Terra. Notas frescas das montanhas, inspirado nas regiões dos Andes. Pode ser usado por homens e mulheres.

Sal de Banho Kachi, 350g: Kachi, na língua indígena quéchua, significa “sal”. Esse sal com óleo essencial de palo santo, inspirado nos incríveis salares das Cordilheira dos Andes, tem uma fragrância única para um banho revigorante.

Perfumador de Ambientes Los Mistérios: nas montanhas, é costume queimar lascas de palo santo com pastilhas coloridas decoradas com desenhos variados e conhecidas como mistérios, como forma de agradecimento à Terra e a natureza. Inspiradas por essa tradição andina, as pastilhas de cerâmica com óleo essencial de palo santo proporcionam uma confortável perfumação do ambiente.

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

Paramela

paramela_produtosDesodorante Colônia Essência Paramela, 100ml: a paramela é um arbusto perfumado, usado popularmente na região da Patagônia como chá terapêutico. Possui notas confortáveis que lembram mel. Esta fragrância evoca o vento livre que sopra na vastidão do extremo sul. Possui óleo essencial fresco e pode ser usado por homens e mulheres.

Óleo para o Corpo Misqui, 200ml: Misqui significa “mel” na língua dos indígenas mapuches. A natureza extrema desértica e gélida da Patagônia exige que seus habitantes protejam a  pele com óleos naturais. Esse óleo corporal, com óleo essencial de paramela, deve ser usado na pele como uma película  protetora perfumada. Uso pós-banho, hidrata formando uma película protetora e perfumada sobre a pele.

Emulsão Mentolada Paine, 15ml: Paine significa “celeste” na língua dos indígenas mapuches. Inspirado nos céus deslumbrantes da Patagônia, esse produto deve ser usado para massagear as têmporas e atrás do pescoço, com movimentos circulares. É um convite para momentos de relaxamento e inspiração. Possui aroma mentolado.

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

Veja o vídeo Amor América,
apresentado no curso Paixão por Produtos.

Fonte: Natura Cosméticos

Adaptação: Consultoria On Line

About these ads

15 thoughts on “Natura Amor América

  1. Olá…..pelo amor de Deus cadê o paramela?…. nossa como podem deixar de fazer algo tão magnífico?…. é um dos melhores perfumes que já vi… Não sei qual o motivo, mas acho que deveriam pensar em seus clientes… eu sinto muito falta, nada substitui essa fragrância dos deuses…!!!…

  2. Gostaria de saber como faço para pedir o perfume Amor América,(essência Palo Santo), pois a revendedora q conheço diz q ñ estã disponivel. Isso é possível?

  3. depois de muito pensar decidi colocar aqui meu descontentamento com os PERFUMES DA NATURA…sou muito chata em relação a perfumes ,sempre tive dificuldades pois nunca gosto de cheiros que me enjoam ou causam dor de cabeça,por isso optei por usar um perfume que me conquistou,ISA JACQUES SAINT PRES,até que uma amiga me apresentou para AMOR AMÉRICA PARAMELA e me apaixonei, só que o que eu não sabia e que os perfumes da natura não são aques perfumes que voce usa a vida inteira ,que são como a marca da gente , que deixamos nos lugares por onde passamos… infelizmente me dei mal,o perfume não existe mais , agora volto ao meu importado que ja usei durante 10 anos…e nunca mais troco…a natura não me pega mais não confio mais nos produtos que voce gosta ,compra, mas por tempo limitado não precisam de fidelidade ….fico triste por isso….

  4. gostaria q/volta-se o perfume paramela o desodorante colonia. Por favor gostaria de ser havisada bjs um consumidora ansiosa

  5. Oii sera que teria possibilidade de eu trabalhar com exportaçao dos produtos da natura,!!eu moro no paraguay.e aki nao tem nem uma loja,gostaria de comprar franquia sera que tem possibilidade???aguardo sua resposta.OBREIGADA

  6. A empresa NATURA COSMÉTICOS a cada novo Ciclo envia amostrar de algumas colônias e/ou produtos novos para os Consultores.

    No caso da linha Amor América nunca recebi…

    Grato pelo contato,
    Luiz – Consultor Natura

  7. Olá, eu gostaria de receber amostras da colonia e do óleo da linha Paramela. É possível? Obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s